COMO ACABAR COM OS VÍCIOS

COMO ACABAR COM OS VÍCIOS

Como todos os vícios, os de direção também podem ser eliminados. E a melhor maneira para isso é por meio do treinamento. “É preciso fazer com que os motoristas participem de treinamentos no qual são explicados os funcionamentos dos equipamentos, como operar corretamente e quais as conseqüências da operação errada”.


“Normalmente os treinamentos realizados com técnicos capacitados, trazem consigo conceitos corretos, que, quando aliados à explicações prática e técnica, facilitam a compreensão dos motoristas fazendo com que eles revejam seus conceitos e experiências. Sendo colocadas em prática, logo os resultados positivos relativos à durabilidade e economia de seus veículos aparecerão”.


A tendência é que mesmo os antigos caminhoneiros, com muitos anos de prática e de vícios, aos poucos, acabem deixando de fazer coisas que prejudicam o bom rendimento do caminhão. Isto porque a eletrônica embarcada auxilia na condução do veículo. “Hoje existem sistemas que alertam os motoristas quanto à aplicação errada de algum equipamento”.


Além de alertar, a tecnologia serve como “dedo duro”. Isto porque esses sistemas gravam dados da viagem que ajudam os departamentos de operação de frotas (normalmente utilizado em grandes empresas) a monitorar e corrigir a operação de seus motoristas. “Toda essa tecnologia gera um custo” “Mas normalmente é abatido com a correção das falhas de operação dos motoristas de uma frota”.


Mas de nada adianta ter uma tecnologia sofisticada se o motorista não tem o hábito de observar as luzes de advertência do painel de instrumentos do veículo. “O motor pode estar operando com temperatura acima da máxima especificada pelo fabricante, ou o filtro de ar obstruído, o nível do óleo da direção hidráulica baixo e tudo isso estar sendo mostrado através de luzes”, “Se o motorista não observar, essas ocorrências poderão provocar a parada do veículo”.