Tecnologia dos Veículos Scania 2012

Scania Retarder

O Scania Retarder é um sistema de freio auxiliar hidráulico que funciona em conjunto com os freios motor e de serviço. Seu uso garante uma desaceleração mais eficiente, melhor desempenho dos freios e maior segurança. Ele é indicado para todos os tipos de operação e pode ser utilizado em 90% das situações de frenagem.

Além disso, o Retarder reduz custos operacionais e o tempo das viagens. Afinal, mantém constante a velocidade média, principalmente em longos percursos, descidas íngremes ou estradas onduladas, situações que impactam diretamente no rendimento tanto dos veículos quanto dos seus negócios.

Montado na saída da caixa de velocidades, é muito eficaz, independentemente da engrenagem selecionada. Dessa forma, permite alcançar velocidades de descida elevadas com total segurança, pois mantém os componentes do freio resfriados, preservando-os para quando forem realmente necessários, em frenagens potentes e precisas. É indicado para operações em que se usa o freio de maneira intensa e prolongada.

Assim, os freios de serviço ficam 100% disponíveis para situações de emergência, sendo que o desgaste dos freios auxiliares é reduzido em até 4 vezes, diminuindo a necessidade de manutenção e as consequentes visitas à oficina. Resumindo, o Retarder é sinônimo de rentabilidade.

Além da questão da segurança, o Scania Retarder aumenta a produtividade de veículos e frotas, ainda mais agora, contando com novas caixas de câmbio, que contribuem para ampliar seu desempenho. Fora isso, auxilia na diminuição do consumo de combustível, pois preserva as velocidades de cruzeiro. Assim, racionaliza as emissões, respeitando o meio ambiente.

Em 2012, o Scania Retarder ganhou um novo desenho, garantindo maior potência de frenagem em todas as velocidades. O torque máximo de frenagem passou de 3.000 para 3.500 Nm – o maior entre freios auxiliares do mercado. Em velocidades inferiores a 30 quilômetros por hora, o torque de frenagem foi elevado em 40%, chegando a 4.100 Nm. O resultado é uma melhoria notável no desempenho em baixas e altas velocidades.

Scania Opticruise

O Scania Opticruise é a caixa de câmbio automatizada da Scania que tem como principal função facilitar as trocas de marchas, corrigindo eventuais desvios na condução.

A partir do momento em que o veículo começa a rodar, o sistema seleciona a marcha adequada e troca no momento certo, independentemente da velocidade do veículo e das condições topográficas.

Para as transportadoras, o grande benefício é a economia de combustível, que pode chegar a até 10% já que o próprio Opticruise se encarrega de manter a rotação do motor na menor faixa de consumo.

A viagem fica mais confortável e menos cansativa porque o motorista não precisa mudar as marchas, se concentrando assim exclusivamente na direção e na estrada. Outra vantagem é o menor desgaste de peças, o que resulta em uma maior vida útil.

Desde 2012, o Scania Opticruise está disponível em uma versão totalmente automatizada, sem pedal de embreagem, ideal para o segmento rodoviário e também em caminhões semipesados. Com a automatização total, existe uma embreagem automática montada na caixa de mudanças, o que garante a precisão na hora de dirigir. Mesmo os motoristas menos treinados conseguem um resultado positivo com o novo Opticruise, que está ainda mais rápido nas trocas de marchas e ganhou novos sensores.

A versão com pedal de embreagem foi mantida somente para operações Off Road, quando o motorista necessita de maior controle do veículo. A embreagem é utilizada apenas na saída ou parada total do caminhão, sendo que as manobras poderão ser efetuadas com a máxima precisão.

Vantagens do Novo Opticruise

A terceira geração do Scania Opticruise chega com um software totalmente remodelado, o que torna o sistema mais rápido e intuitivo, além de mais preciso, independentemente da velocidade do veículo e das condições topográficas. A troca de marchas é feita em apenas 0,08 segundos, o que não deixa o veículo perder potência nem velocidade.

As vantagens continuam as mesmas: conforto e conveniência do motorista, bem como desempenho e economia de combustível do veículo. Além do Modo Manual, o sistema é composto por um privilegiado conjunto tecnológico.

Modo econômico

Programado para mudar as marchas automaticamente. Mantém a velocidade constante e o consumo estável, dentro dos padrões normalmente identificados.

Modo potência 

Indicado para viagens em que o baixo tempo de percurso é essencial, como transporte com prazos apertados. O Scania Opticruise ajusta o giro do motor na faixa de potência máxima nas subidas.

Modo fora de estrada 

O sistema mantém a embreagem engatada o maior tempo possível, evitando interrupções na entrega da potência e na tração. As mudanças de marchas diminuem, permitindo que o motor gire em uma faixa de rotação mais ampla.

Desatolamento 

O sistema identifica quando as rodas motrizes estão perdendo a aderência do solo, permitindo que o veículo balance rapidamente de um lado para o outro para forçar a saída de um buraco.

Manobra 

Deixa as respostas do veículo mais lentas, auxiliando na execução de manobras complicadas. É ideal para situações em que o condutor necessita de total controle do veículo, como em espaços limitados de estacionamento.

9 respostas para “Tecnologia dos Veículos Scania 2012”

  1. Fala aí Andre td bem? Gostei dessas máquinas se eu tivesse dindim compraria um desse para trampar, mais enquanto isso…….Vou trabalhando na usina estraindo caldo de cana e competindo com as abelhas. Abraços.

  2. Gostei do câmbio muito inteligente, que facilita a operação do veiculo.
    Proporcionando maior conforto ao motorista deixand0 mais descançado para o proximo dia.

  3. Senhores, por favor, me expliquem, os caminhoes trucados bidirecionais, VW 26.260, MB Atron 2324, Ford Cargo 2428, Volvo VM.260, Iveco Stralis e outros, passam na balança com 20.000 tn. E o P.270 ou outro que suporte mais peso. Pergunta é, qual a diferença da Scania para as demais marcas, quantidade de cavalos e tudo mais, uma vez que o valor é expressivo. Preciso destas explicaçoes, pois terei que comprar um caminhao, para trabalhar com blocos de concreto, manilhas, saco de cimento, argamassa, e preciso colocar uma carroceria de 10,20mt, o mais importante, um caminhao que carregue o dobro dos normais. Por favor preciso de orientaçoes de voces,para nao errar na minha compra. Obrigado antecipadamente.

  4. Ola bom trocamos óleo d cambio d um Scania k 440 ele rodou 11dias ou seja uns 10.000 km e caiu o filtro do cambio fundindo o mesmo queria saber se o motorista poderia ver no painel c estava sem óleo assim parando antes de dar pau no cambio obrigado

    1. Paulo, bom dia.

      Essa troca de oleo ocorreu em alguma Concessionaria Scania ou por algum mecanico / oficina particular?

      Quanto ao ocorrido, voce só recebe informações no painel dos Veiculos Scania relacionados a PROBLEMAS OU FALHAS ELETRONICAS, como se trata de um problema mecanico ( filtro, oleo, componentes internos, engrenagem ) nao é reportado nenhuma informação ao painel do veiculo. Mesma ocorrencia se dá ao oleo do motor, a unica informação que retorna para o painel no caso do oleo do motor, é quando a pressao de oleo cai, pois é monitorado por sensores, mesmo caso quando de trata da liquido do sistema de arrefecimento, existe um sensor que monitora o nivel e se esse nivel estiver baixo, envia uma mensagem para o painel. No seu caso, teria que ser efetuado a inspeção diaria, conferindo se nao há nada anormal com o veiculo.
      abraços

  5. Boa tarde tenho uma pergunta : eu tenho uma scania k420EB e quando aciono o retarder principalmente a descer e quando ela reduz entra em conflito a caixa de cambio não sabe qual à de meter … e sem retarder não faz isso … já troquei sensor de rotação da caixa sensor da temperatura da agua do retarder e o sensor das velocidades altas . Será o sensor da pressão do óleo do retarder?

    1. Bruno, bom dia.

      Existem sim o caminhão Scania G420 com retarder, porem não é viável a adaptação/instalação em um caminhão que não vem com esse opcional de série. Pois terá que mudar a caixa de marchas, instalação do radiador de resfriamento do retarder, mudança da coluna de direção. Sem contar que toda adaptação não fica perfeito como quando sai de fabrica como item montado na linha de produção.

      Obrigado por escrever.

      Abraços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *